Aeroporto de Imperatriz orienta agricultores do Cinturão Verde sobre cuidados com fauna e flora nas proximidades do sítio aeroportuário

A CCR Aeroportos atende a protocolos rigorosos que envolvem toda a comunidade aeroportuária, visando a segurança das operações no Aeroporto de Imperatriz. Essas ações são realizadas pelas equipes de Qualidade, Segurança, Saúde e Meio Ambiente (QSSMA) e Safety e também dependem da colaboração dos agricultores que desenvolvem suas atividades no projeto Cinturão Verde e que vivem nas proximidades do aeroporto. O apoio da população é necessário para reforçar os cuidados na região.

Para a supervisora de QSSMA da CCR Aeroportos, Diná Santos Conceição, o trabalho de inspeção de fauna é bastante importante para mitigar o risco que as espécies podem trazer para as operações do aeroporto.

“A CCR Aeroportos atua de forma responsável com o meio ambiente, por isso reforçamos junto à população que o descarte irregular de resíduos pode ser prejudicial às operações do aeroporto e pôr em risco a vida de dezenas de pessoas”, explica a supervisora.
Além da fauna, a flora também merece atenção especial, pois as árvores podem afetar as condições de segurança do aeroporto. “É importante que a comunidade não realize plantios sem consultar a prefeitura e mantenha o controle de podas de árvores em locais próximos do aeroporto”, diz Diná.

A supervisora de QSSMA explica que, diariamente, é realizada inspeção na Pista de Pouso e Decolagem (PPD), cerca operacional e edificações, a fim de identificar e mitigar os focos atrativos e pontos de vulnerabilidade dentro do sítio aeroportuário. Durante o serviço, são verificados a fauna, a flora, os pontos de fragilidade (cercas) e os focos atrativos (áreas verdes e drenagem).
 
Desde que assumiu a administração do Aeroporto de Imperatriz e de outros 15 aeroportos no primeiro semestre deste ano, a CCR Aeroportos trabalha para aumentar, cada vez mais, a segurança das operações, tanto durante os pousos e decolagens quanto em solo. Uma das ações preventivas realizada pela concessionária é a vistoria externa da Área de Segurança Aeroportuária (ASA), que compreende um raio circular de 20 km a partir da localização do aeroporto. Esse perímetro é monitorado com regularidade, para verificar focos atrativos ou animais que afetem ou limitem a operação do aeroporto.

Sobre a CCR Aeroportos
A CCR Aeroportos, Negócio do Grupo CCR, opera 20 aeroportos no mundo, firmando sua presença em quatro países e nove estados brasileiros. Com a recente expansão a empresa se consolidou como uma das maiores operadoras em número de aeroportos no Brasil. Ao todo administra 17 aeroportos brasileiros: São Luís e Imperatriz, no Maranhão; Palmas, no Tocantins; Teresina, no Piauí; Petrolina, em Pernambuco; Goiânia, em Goiás; o Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, por meio da BH Airport, e o Aeroporto da Pampulha, em Minas Gerais; Curitiba, Bacacheri, Londrina e Foz do Iguaçu, no Paraná; Navegantes e Joinville, em Santa Catarina; e Pelotas, Uruguaiana e Bagé, no Rio Grande do Sul. No exterior, a empresa opera os aeroportos de Juan Santamaria (Costa Rica), Quito (Equador) e Curaçao (Antilhas Holandesas). Em todas estas operações, a CCR Aeroportos movimenta cerca de 42 milhões de passageiros/ano.
 

Utilizamos cookies para melhorar o desempenho e sua experiência ao utilizar nosso site. Nós procuramos, assim, explicar de forma transparente como, quando e porque utilizamos cookies. Ao acessar o nosso site, você concorda com a política de cookies e privacidade.